Dás : ás : Horas
NOTÍCIA
Mais um suspeito de estupro é preso pela Polícia Civil em Juara/MT.
O acusado é avô das garotas que ele abusava.
19/04/2017 ás 10:58:33
example1

 

Mais uma pessoa presa em Juara sob a acusação de estupro de vulnerável. Uma mulher procurou a Delegacia de Polícia Civil, para denunciar abusos sexuais de suas duas filhas, uma de 8 anos e a outra com idade não revelada. Os abusos eram cometidos pelo avô das crianças em uma fazenda da Comunidade Porta do Céu, distante a aproximadamente 120 quilômetros do centro da cidade.

A mãe das garotas relatou ao delegado Carlos Henrique Engelmann, que a filha menor, contou para a irmã de 8 anos o que o avô fazia. Ela então gravou a conversa com um aparelho de telefone celular e depois mostrou para a mãe.

Diante do relato das filhas, a mãe procurou a Polícia Civil e denunciou o avô. Uma das meninas foi ouvida pela escrivã e contou detalhes como os crimes ocorriam.

O delegado Carlos Henrique pediu a prisão preventiva do acusado o que foi de pronto atendido pelo Poder Judiciário da Comarca de Juara. Os investigadores prenderam o acusado, na terça-feira 18, na fazenda onde ele reside. Ele foi conduzido para a cadeia pública juntamente com duas espingardas e munições apreendidas na residência.

Em revista na casa, os investigadores encontraram mais duas armas de fogo e que possivelmente, o acusado usava para intimidar as meninas.

Durante o interrogatório o avô das crianças que estava acompanhado de um advogado confessou os crimes cometidos e ainda relatou que as meninas mentiram sobre o número de vezes que havia abusado das mesmas. ‘Não foi tudo isso que elas disseram ao delegado’.

O nome do estuprador não foi revelado pela Policia Civil para não causar mais traumas nas adolescentes. Exames de corpo de delito foram realizados nas crianças e segundo o delegado, “O material comprobatório já existente no inquérito é suficiente para a condenação do acusado”.

A pena prevista para este tipo de crime é de 08 a 15 anos de cadeia para cada crime cometido. Quando o acusado é parente da vítima tem um agravante e a pena pode ser elevada.

Conforme o delegado, a estatística comprova que a maioria destes crimes são praticados no seio familiar, por parentes das vítimas e em muitos casos até pelos pais biológicos. Do ano de 2011 até 2017, somente em Juara já foram presos 99 estupradores.

Fonte: Paulo Becker
Programação
|   Hoje
TV JUARA
08:00  
ENCONTRO COM OS SERRANOS NA TV
09:00  
NORTÃO DA SORTE
11:30  
BALANÇO GERAL
18:45  
CIDADE ALERTA JUARA
DIFUSORA AM 1140
05:00  
TAPERA DO BACANA
07:00  
SEMEANDO PAZ
07:00  
AVIVA JUARA
08:00  
DOMINGO AMPLITUDE
08:00  
MANHÃ 88
11:31  
MOMENTO COM DEUS
Enquete
Site desenvolvido e Hospedado por: